Passando o aniversário longe de casa

Em 22 anos, esse foi meu primeiro aniversário que eu não passei com minha família e amigos no Brasil. Mas passei com minha família/amigos aqui em Israel.

Parei para pensar, e é incrível como de um ano para o outro tantas coisas mudaram. No meu aniversário do ano passado eu sabia que iria para Israel, mas não que passaria o aniversário seguinte aqui.

Eu sabia que seria uma experiência diferente, mas foi melhor do que eu esperava. No dia 1º de abril (sim), fiz uma festa conjunta com outros amigos que faziam aniversário em datas próximas. Foi minha primeira vez dividindo uma festa, mas foi divertido.

A ideia era uma espécie de pic-nic no parque, mas o vento do dia fez com que nossos planos falhassem miseravelmente. Nem as pedras conseguiram segurar nossa toalha de mesa indestrutível. Pegamos nossas coisas e fomos para a casa de uma das aniversariantes, e foi muito divertido! Vieram as pessoas importantes e algumas que eu nem sabia quem eram. Teve bebida (muita), salgadinho, bolo, e muitas risadas. Depois, fomos para a praia ver o pôr do sol e aproveitar o fim do dia.

No dia 5, que é de fato meu aniversário, meu pai estava aqui! Então eu tive uma parte da família para comemorar junto. No almoço, fui com meus colegas de trabalho em um restaurante japonês, afinal, é de lei. Até ganhei presentes dos meus chefes (o que me fez dar uma choradinha).

Na comemoração da noite, meu pai fez risolis de camarão e pão de queijo, que saudades dessa comida. A busca pelos ingredientes foi bem engraçada. Destaco os 30 minutos tentando explicar para o vendedor que queríamos 800g de queijo e não 80g (juro que coloquei os número na tela do celular e não deu certo), e também o atendente da peixaria extremamente simpático que gritou que o lugar era Kosher e, obviamente, não tinha camarão (pelo menos ele indicou o lugar que eu poderia encontrar).

Atrasamos um pouco a festa porque a comida demorou para ficar pronta. Mas valeu muito a pena e todos saíram contentes e rolando, afinal, teve até Shakshuka feito pela nossa incrível nova roommate americana que daqui a pouco já fala português fluente.

Após o parabéns, pediram o tal do discurso. Agradeci a todos, uma vez que eu estava muito feliz com o desenrolar do dia e da comemoração, até que minhas amigas começaram a comparar com meus aniversários e amigos do Brasil. Explicar que são situações diferentes não é fácil, mas ainda assim meu coração está lá e aqui. Obrigada a todos por terem feito meu 2.2 especial!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s